Termopar tipo B

Formado por fios de Platina com 30% de Ródio, como termoelemento positivo, e Platina com 6% de Ródio, como termoelemento negativo.

É adequado para medição contínua desde 870 ºC até 1700 °C, e até 1820 ºC por curtos períodos. É recomendado para uso contínuo em atmosferas oxidantes ou inertes.

Também é adequado para uso no vácuo por curtos períodos. Não deve ser usado em atmosferas redutoras nem naquelas que contenham vapores metálicos ou não metálicos. Nunca deve ser inserido diretamente num tubo de proteção primário metálico. Requer a utilização de isoladores e tubos de proteção cerâmicos de alta alumina.

Quando comparado com os tipos S e R, as principais vantagens deste tipo são: Operação em temperaturas mais altas, melhor estabilidade e aumento da resistência mecânica. Possui reduzida sensibilidade, por volta de 10 µV/ºC para temperaturas superiores a 1090 ºC, e custo elevado.

Faixas de Utilização e Limites de Erro para o Termopar tipo B

Tipo do Termopar Nome do Termoelemento Faixa de Utilização (C°) Limite de Erro
Padrão Especial
Termopar tipo B
(+) Platina/30% Ródio 870 a 1700 ±0,5% -
(-) Platina/6% Ródio

Temperaturas máximas do Termopar tipo B

Temperaturas limite para as diversas bitolas (ºC)
Tipo do Termopar 8 AWG
(3,26 mm)
14 AWG
(1,63 mm)
20 AWG
(0,81 mm)
24 AWG
(0,51 mm)
28 AWG
(0,33 mm)
30 AWG
(0,25 mm)
Termopar tipo B - - - 1700 - -

Conheça a nossa linha de produtos que contêm Termopar tipo B

Ecil